A SÍNDROME DA ALIENAÇÃO PARENTAL E AS CONSEQUÊNCIAS PSICOLÓGICAS NOS FILHOS

  • Camila Brilhante Deeke Faculdade Cathedral
  • Luana Comito Muner Faculdade Cathedral

Resumo

A Alienação Parental (AP) é uma condição em que o pai ou a mãe faz com que o filho sinta temor do outro genitor a fim de romper os vínculos, por sua vez, a Síndrome da Alienação Parental (SAP) é a situação consequente da AP. O presente artigo tem como propósito analisar o desenvolvimento e surgimento e consequência da SAP nos filhos. Este artigo foi realizado através de revisões bibliográficas de outros artigos, de livros e sites, de natureza qualitativa. A SAP são as sequelas emocionais e o comportamento que a o filho em questão vem a sofrer, eles são programados para odiar um dos seus genitores, sem motivo real, de modo que a própria criança ingressa na trajetória psicossomática, ela tende a ser ansiosa, deprimida e, sobretudo, violenta. Os relatos acerca das consequências da SAP abrangem ainda a depressão crônica, distúrbios de identidade, desorganização mental, entre outros. Conclui-se que é importante o conhecimento desta síndrome para possíveis identificações no dia a dia e serem tomadas as providências cabíveis.

Publicado
2021-03-01
Como Citar
Deeke, C., & Muner, L. (2021). A SÍNDROME DA ALIENAÇÃO PARENTAL E AS CONSEQUÊNCIAS PSICOLÓGICAS NOS FILHOS. Revista Cathedral, 3(1), 79-90. Recuperado de http://cathedral.ojs.galoa.com.br/index.php/cathedral/article/view/286
Seção
Artigos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##